Nova tecnologia purifica o ar e gera energia

Pesquisadores da Universidade da Antuérpia e da Universidade Católica de Leuven (conhecida como KU Leuven) , ambas na Bélgica, tiveram sucesso no desenvolvimento de um processo que purifica o ar e, ao mesmo tempo, gera energia. O aparelho apenas deve ser exposto à luz para funcionar.

“Nós usamos um pequeno aparato com duas partes separadas por uma membrana”, explica o professor Sammy Verbruggen, da Universidade de Antuérpia. “O ar é purificado em um lado, enquanto no outro o gás hidrogênio é obtido de parte dos produtos de degradação. Esse gás hidrogênio pode ser estocado e usado posteriormente como combustível, como já é feito em alguns ônibus movidos a hidrogênio, por exemplo.”

Dessa maneira, os pesquisadores atendem a duas grandes demandas da sociedade: ar limpo e produção de energia alternativa. A parte mais importante da solução está ao nível da membrana, onde os cientistas usam nanomateriais específicos. “Esses catalisadores são capazes de produzir gás hidrogênio e eliminar a poluição do ar”, explica o professor Verbruggen. “No passado, essas células eram, na sua maior parte, usadas para extrair hidrogênio da água. Nós agora descobrimos que isso também é possível, e ainda mais eficientemente, com ar poluído.”

Parece ser um processo complexo, mas não é: o aparelho apenas deve ser exposto à luz. O objetivo dos pesquisadores é torná-lo capaz de usar a luz do sol, já que os processos que fundamentam a tecnologia são similares aqueles encontrados nos painéis solares. A diferença, neste caso, é que a eletricidade não é gerada diretamente, mas antes o ar é purificado enquanto a energia gerada é armazenada como gás hidrogênio.

“Atualmente nós estamos trabalhando numa escala de apenas uns poucos centímetros quadrados. Num estagio posterior, gostaríamos de ampliar a tecnologia para tornar o processo aplicável industrialmente. Também estamos trabalhando com a melhora de nossos materiais para que possamos usar a luz solar de uma maneira mais eficiente para desencadear as reações.”

Referência:

KU Leuven. “New technology generates power from polluted air.” ScienceDaily. ScienceDaily, 8 May 2017. <www.sciencedaily.com/releases/2017/05/170508083219.htm>.

sobre-o-autor-alejandro-rico

 

Anúncios