Cervejaria americana desenvolve plástico comestível para sua embalagem

Imagem de capa: We Believers, extraída de Huffington Post

Os anéis plásticos que servem como engradado para cervejas nos Estados Unidos e na Europa estão causando inúmeros problemas para a vida marinha nos oceanos. O plástico, ao ser descartado incorretamente, acaba por poluir oceanos e enroscar torno do pescoço de gaivotas ou no estômago de tartarugas, trazendo riscos à estas espécies. Foi pensando numa solução para esse problema que uma cervejaria artesanal com sede na Flórida nos Estados Unidos surgiu com uma solução engenhosa.

A cervejaria americana Saltwater está lançando um engradado feito de plástico totalmente comestível para sua cerveja IPA Screamin’ Reels. Os suportes das latas são feitos a partir de subprodutos do processo de fabricação de cerveja, tais como o trigo e a cevada. Não só o tornando totalmente degradável, mas também tão resistente quanto os plásticos utilizados hoje em dia pela empresa.

1

Tartaruga presa em embalagem plástica (Imagem: We believers)

Até agora, a empresa criou algumas centenas dos anéis plásticos. No entanto, eles esperam aumentar sua produção para atender até 400.000 anéis de engradados todos os meses, disse Gustavo Lauria, diretor da empresa.

Mais do que isso, as empresas têm grandes esperanças de que as cervejarias maiores e as empresas de bebidas em geral testem novas ideias para seguir o exemplo e desenvolver seus próprios plásticos comestíveis e biodegradáveis.

2

A embalagem comestível, feita à base de subprodutos da cerveja, como cevada e trigo (Imagem: We Believers)

No entanto, com os oceanos do mundo tornando-se progressivamente mais e mais obstruídos e poluídos com plásticos dos mais diversos usos, a busca por soluções criativas para diminuir o impacto do plástico na vida marinha é sempre uma ideia muito bem-vinda.

Fontes: Huffington PostCreativity Online

Sobre o Autor - Mário

Anúncios