Tubarões possuem personalidades individuais?

Imagem de capa: Walt Disney Pictures, Pixar Animation Studios, Buena Vista Studios

Uma pesquisa recentemente publicada na Journal of Fish Biology indica que sim. Para chegar à esta conclusão, os pesquisadores coletaram 17 tubarões jovens da Baía de Sidney, e realizaram dois testes: Um para medir sua “ousadia”, e outro para medir como cada indivíduo reagia ao estresse.

Para medirem a ousadia dos tubarões, foi realizado um teste de campo aberto, tradicional em estudos comportamentais em roedores, onde o tubarão é colocado em uma caixa segura conectada por uma porta à um tanque maior, novo e inexplorado. Após 2 minutos para aclimatação, o tanque é aberto, permitindo ao tubarão que explore a nova região. Indivíduos mais ousados tendem a levarem menos tempo para explorar o novo ambiente desconhecido (e potencialmente perigoso) do que indivíduos menos ousados.

O teste de reação ao estresse, por sua vez, consistia em retirar o tubarão da água por um minuto, e observar as alterações que ocorriam na movimentação deste quando reinserido no tanque. Uma maior taxa de movimentação é indicativo de maior estresse do animal.

Os resultados indicaram diferenças entre os tubarões individuais para os dois parâmetros, o que indica que os mesmos possuem personalidades individuais distintas. Além disso, os pesquisadores observaram uma correlação: Tubarões mais ousados tendiam a ficar mais ativos após o estímulo estressor, como se estivessem tentando fugir do estressor com mais vigor do que os tubarões menos ousados.

Para Evan Byrnes, primeiro autor do estudo, compreender como os tubarões variam individualmente pode ter implicações ecológicas bastante profundas, e é importante para o melhorar o manuseio desta espécie.

Sobre o Autor - Lucas Rosa.png

Anúncios