Darwin não estava sozinho

Imagem em Destaque: Retrato de Alfred Russel Wallace

O naturalista Charles Darwin é referenciado até os dias de hoje por seu revolucionário trabalho na história da biologia – e da ciência como um todo. Darwin é conhecido por ter formulado a teoria da evolução por meio da seleção natural, que explica como a vida se desenvolve e se transforma ao longo do tempo. Contudo, Darwin não foi o único evolucionista de seu tempo; dentre muitos, houve um de destaque: Alfred Russel Wallace, naturalista que desenvolveu independentemente a ideia de seleção natural.

Inspirado pelo próprio Darwin e outros exploradores, Wallace explorou a Amazônia entre 1848 e 1852, em busca de espécimes com o também notável Henry Bates – que veremos em um outro texto –, com a esperança de encontrar evidências da transformação dos seres vivos. Quando retornou ao Reino Unido, Wallace publicou artigos e passou a comunicar-se com Darwin por correspondência. Diferente de Darwin, foi às expedições já acreditando na transformação dos seres vivos.

O mais incrível é que, quase que concomitantemente, Wallace chegou à ideia de que os seres vivos mudam ao longo do tempo de acordo com sua adaptação ao ambiente em que estão inseridos; em poucas palavras, Wallace desenvolveu também a ideia de seleção natural (apesar de não utilizar o termo). Publicou com Darwin um artigo científico sobre o tema.

Apesar da maior fama e notabilidade de A Origem das Espécies de Charlie Darwin, Russel Wallace publicou artigos importantíssimos e fora muito influente na comunidade científica. Além da seleção natural, desenvolveu a ideia de aposematismo¹ – animais inofensivos ou palatáveis que possuem características de animais perigosos ou impalatáveis, como o caso de lagartas coloridas, evitadas por certos pássaros que preferem lagartas marrons, por exemplo – e estudou a distribuição geográfica das espécies, compilando-as em guias utilizados até mesmo atualmente. Ainda descreveu o efeito Wallace, onde a seleção natural leva à isolação reprodutiva de duas variedades pelo surgimento de barreiras contra a hibridização: barreiras reprodutivas impedem que híbridos sejam concebidos ou que os mesmos se reproduzam, fazendo com que a especiação aconteça. Wallace também foi um defensor da evolução até o fim de seus dias e o primeiro biólogo a discorrer sobre a possibilidade de vida fora da Terra.

A história da humanidade e da ciência está repleta de indivíduos importantes desconhecidos pelo grande público. Apesar disso, seus legados permanecem vivos em suas descobertas e realizações. Deixe sugestões de cientistas notáveis e pouco lembrados!

 

Nota do Editor:

¹ O termo aposematismo fora cunhado muito depois; Russel Wallace chamara apenas de coloração de alerta.

Referências:

A primeira teoria evolucionista de Wallace: http://www.scielo.br/pdf/ss/v1n4/a04v1n4.pdf

Carta de Russel Wallace a Charles Darwin: http://www.scielo.br/pdf/ss/v1n4/a04v1n4.pdf

sobre-o-autor-gabriel-deschamps

Anúncios