NASA anuncia descoberta de 7 planetas similares à Terra em torno de uma mesma estrela próxima

CORREÇÃO: O título original do artigo afirmava se tratarem de 7 planetas habitáveis. Isso foi um erro da nossa equipe. São 7 planetas similares à Terra, 3 em zona potencialmente habitável.

Hoje, dia 22/02, às 15h, a NASA realizou sua conferência de imprensa sobre “Descobertas Além do Nosso Sistema Solar”. Com um painel de especialistas, a conferência veio trazer descobertas recentes no campo da astronomia.

A primeira grande notícia foi o anúncio da descoberta, através do telescópio Spitzer, de nada menos que 7 planetas similares à Terra orbitando a estrela Trappist-1, uma estrela à 40 anos luz de distância – o que, na imensidão do espaço, não é algo tão longe assim – na constelação de Aquário. Três são potencialmente habitáveis. Segundo o Dr. Thomas, esses resultados demonstram que encontrar vida fora da Terra não se trata de “se”, e sim “quando”. A notícia é empolgante porque é a primeira vez que um sistema solar apresenta 3 planetas em uma zona habitável e 7 de tamanho similar à Terra em torno de uma mesma estrela.

Um dos planetas, Trappist-1e, é de tamanho muito próximo ao da Terra e recebe quantidades de luz semelhante à recebida pelo nosso planeta – o que indica que possuiria a mesma temperatura. Trappist-1f, por sua vez, recebe uma quantidade de luz similar à que Marte recebe. Trappist-1g é o maior planeta, tendo raio 30% maior que o da Terra.

Na sessão de perguntas e respostas, os pesquisadores esclareceram que não há confirmação de água nesses planetas ainda, e que isso irá requerer uma observação mais prolongada com o telescópio Hubble ou o seu sucessor que será lançado esse ano, o telescópio James Webb. Porém, a descoberta os coloca em evidência, e certamente teremos mais informações num futuro próximo.

sobre-o-autor-lucas-rosa

Anúncios